Blue-White - Soluções de dosagem química e de medição de fluidos; bombas dosadoras químicas, bombas peristálticas, bombas de diafragma, bombas multi-diafragma, medidores de vazão, medidores de vazão, medidores de vazão de área variável, medidores de vazão de roda de pás, medidores de vazão ultrassônicos, sistemas de skid projetados, sistema de skid único, sistema de skid duplex, sistema de skid triplex, água analisadores...
Oswald

Industrial

A-100NVP

Configuração e controles

Ligando o A-100NVP 

O A-100NVP é ligado quando conectado à fonte de alimentação. A bomba agora está pronta para ser operada manualmente pressionando o botão Run/Standby no visor. Ou a bomba pode ser programada para funcionar via entrada de 4-20 mA, entrada de 0-10 VCC ou entrada de frequência de pulso.  

Exibição e Layout 

O A-100NVP possui um display touchpad que é fácil de ler e simples de programar. Abra a porta do painel de controle deslizando os grampos deslizantes superior e inferior para a esquerda.  

14 imagem

Botões/teclas do usuário 

Executar/Espera – Usado para iniciar e parar a bomba. Uma seta aparecerá ao lado de “RUN” quando a bomba estiver funcionando.  

Campo – Usado no modo de programação para selecionar os dígitos que estão sendo alterados. 

Dígito – Usado no modo de programação para alterar os dígitos. 

Moda – Usado para alternar entre diferentes modos de operação.  

Run/Standby e Field (juntos) – Prepara as bombas a 100% da velocidade durante 99 segundos. Uma seta ao lado de “PRIME” piscará durante a preparação.  

Run/Standby e Digit (juntos) – Redefine o cronômetro de 500 horas e apaga “Serviço” do visor.  

Executar/Standby e Modo (juntos) – Inicia o modo de programação. Uma seta aparecerá ao lado de “PROGRAM” quando estiver no modo de programação. 

Campo e Dígito (juntos) – Inicia a programação FVS. Defina entre 1-256 segundos para ativar. Deixe em 000 segundos para desativar.  

Dígito e Modo (juntos) – Alterna a leitura do display entre % da velocidade do motor e valor do sinal de entrada (4-20 mA, 0-10 VCC, frequência de pulso Hz) 

Programando e Executando a Bomba 

O display/touchpad permite a programação das seguintes funções: 

  • Configuração manual de velocidade (modo 1) 
  • Entrada de 4-20mA (Modo 2) 
  • Entrada de 0-10 VCC (modo 3) 
  • Entrada de Frequência de Pulso (Modo 4) 
  • FVS (Sistema de Verificação de Fluxo) 

[NOTA: Se enquanto estiver no modo de programação, nenhum botão for pressionado em 20 segundos, o circuito retornará automaticamente ao modo de execução, sem salvar as alterações.] 

Modo de Operação 1 - Ajuste de Velocidade Manual 

Neste modo, a velocidade do motor da bomba é definida/programada usando o touchpad do painel frontal. A velocidade do motor pode ser ajustada de 10-100%. (Observação: alguns modelos têm uma faixa de 15% a 100% apenas.)  

Para ajustar a velocidade:  

  1. Defina a bomba para o modo 1. Pressione o botão MODE até que MODE 1 seja exibido no visor LCD. O ícone %SPEED acenderá. O grande LCD de 3 DÍGITOS indicará a porcentagem de velocidade atualmente programada.  
  2. Entre no modo de programação. Ao mesmo tempo, pressione o botão RUN/STANDBY e o botão MODE. Uma SETA piscando apontará para a palavra PROGRAM, indicando que o modo de programa foi ativado.  
  3. Pressione o botão FIELD para selecionar o dígito a ser programado. O dígito piscará quando selecionado. Pressione o botão DIGIT para alterar o dígito selecionado. Repita até que todos os dígitos estejam programados.  
  4. Para sair do modo de programação, pressione o botão RUN/STANDBY e o botão MODE ao mesmo tempo. A seta ao lado da palavra PROGRAMA desaparecerá.

Veja abaixo o vídeo sobre Operação Manual de Programação – Modo 1 

Modo de operação 2 - entrada de 4-20 mA 

Nesse modo, a velocidade do motor da bomba é ajustada automaticamente com base no valor do sinal de entrada de 4-20 mA. Qualquer velocidade do motor pode ser atribuída aos valores mínimo ou máximo de entrada em miliamperes.  

Observação: O valor mA mínimo programado deve ser menor que o valor mA máximo programado. Os ícones ALARM e SERVICE piscarão se a programação estiver errada.  
Para atribuir a velocidade mínima e máxima do motor e os valores mínimo e máximo do sinal de entrada mA:  

  1. Configure a bomba para o modo 2. Pressione o botão MODE até que MODE 2 seja exibido no visor LCD. O ícone %SPEED ou mA acenderá dependendo da configuração de exibição atual. O grande LCD de 3 DÍGITOS indicará a velocidade atual do motor ou o valor atual de entrada de mA. 
  2. Entre no modo de programação. Ao mesmo tempo, pressione os botões RUN/STANDBY e MODE. Uma SETA piscando apontará para a palavra PROGRAM, indicando que o modo de programa está ativado.  
    Uma SETA piscando apontará para a palavra MINIMUM, indicando que o valor mínimo está pronto para ser programado. O ícone % SPEED piscará, indicando que a porcentagem de velocidade está pronta para ser programada.  
  3. Insira a velocidade do motor no valor mínimo do sinal de entrada mA. Pressione o botão FIELD para selecionar o dígito a ser programado. O dígito piscará quando selecionado. Pressione o botão DIGIT para alterar o dígito selecionado. Repita até que todos os dígitos estejam programados.  
  4. Pressione o botão de modo. O ícone % SPEED irá parar de piscar e o ícone mA irá piscar, indicando que o valor mínimo de mA está pronto para ser programado. O valor mínimo atualmente programado é mostrado no LCD de 3 DÍGITOS.  
  5. Insira o valor mínimo do sinal de entrada mA. Nota: este valor deve ser menor que o valor máximo do sinal de entrada mA. Pressione o botão FIELD para selecionar o dígito a ser programado. O dígito piscará quando selecionado. Pressione o botão DIGIT para alterar o dígito selecionado. Repita até que todos os dígitos estejam programados.  
  6. Repita o processo para Valores Máximos.  
  7. Para sair do modo de programação, pressione o botão RUN/STANDBY e o botão MODE ao mesmo tempo. A seta do PROGRAMA desaparecerá.
15 imagem

Veja abaixo o vídeo sobre Programação 4-20 mA – Modo 2 

Modo de operação 3 - entrada de 0-10 VCC 

Neste modo, a velocidade do motor da bomba é ajustada automaticamente com base no valor do sinal de entrada 0-10 VCC. Qualquer velocidade do motor pode ser atribuída aos valores de entrada mínimo ou máximo.  

Nota: O valor mínimo programado de 0-10 VCC deve ser menor que o valor máximo programado de VCC. Os ícones ALARM e SERVICE piscarão se a programação estiver errada.  
Para atribuir a velocidade mínima e máxima do motor e os valores mínimo e máximo do sinal de entrada VCC:  

  1. Configure a bomba para o modo 3. Pressione o botão MODE até que MODE 3 seja exibido no visor LCD. O ícone %SPEED ou VDC acenderá dependendo da configuração de exibição atual. O LCD grande de 3 DÍGITOS indicará a velocidade atual do motor ou o valor de entrada VCC atual. 
  2. Entre no modo de programação. Ao mesmo tempo, pressione os botões RUN/STANDBY e MODE. Uma SETA piscando apontará para a palavra PROGRAM, indicando que o modo de programa está ativado.  
    Uma SETA piscando apontará para a palavra MINIMUM, indicando que o valor mínimo está pronto para ser programado. O ícone % SPEED piscará, indicando que a porcentagem de velocidade está pronta para ser programada.  
  3. Insira a velocidade do motor no valor mínimo do sinal de entrada VCC. Pressione o botão FIELD para selecionar o dígito a ser programado. O dígito piscará quando selecionado. Pressione o botão DIGIT para alterar o dígito selecionado. Repita até que todos os dígitos estejam programados.  
  4. Pressione o botão de modo. O ícone % SPEED parará de piscar e o ícone VDC piscará, indicando que o valor mínimo de VDC está pronto para ser programado. O valor mínimo atualmente programado é mostrado no LCD de 3 DÍGITOS.  
  5. Insira o valor mínimo do sinal de entrada VDC. Nota: este valor deve ser menor que o valor máximo do sinal de entrada VDC. Pressione o botão FIELD para selecionar o dígito a ser programado. O dígito piscará quando selecionado. Pressione o botão DIGIT para alterar o dígito selecionado. Repita até que todos os dígitos estejam programados.  
  6. Repita o processo para Valores Máximos.  
  7. Para sair do modo de programação, pressione o botão RUN/STANDBY e o botão MODE ao mesmo tempo. A seta do PROGRAMA desaparecerá.

Veja abaixo o vídeo sobre Programação 0-10 VCC – Modo 3 

Modo de Operação 4 - Entrada de Frequência (Hz) 

Neste modo, a velocidade do motor da bomba é ajustada automaticamente com base na frequência (Hz) do sinal de entrada (máx. 500 Hz). Qualquer velocidade do motor pode ser atribuída aos valores de entrada mínimo ou máximo.  

Observação: O valor mínimo de Hz programado deve ser menor que o valor máximo de Hz programado. Os ícones ALARM e SERVICE piscarão se a programação estiver errada. 

Para atribuir a velocidade mínima e máxima do motor e os valores mínimo e máximo do sinal de entrada Hz:  

  1. Configure a bomba para o modo 4. Pressione o botão MODE até que MODE 4 seja exibido no visor LCD. O ícone %SPEED ou Hz acenderá dependendo da configuração de exibição atual. O LCD grande de 3 DÍGITOS indicará a velocidade atual do motor ou o valor de entrada atual em Hz. 
  2. Entre no modo de programação. Ao mesmo tempo, pressione os botões RUN/STANDBY e MODE. Uma SETA piscando apontará para a palavra PROGRAM, indicando que o modo de programa está ativado.  
    Uma SETA piscando apontará para a palavra MINIMUM, indicando que o valor mínimo está pronto para ser programado. O ícone % SPEED piscará, indicando que a porcentagem de velocidade está pronta para ser programada.  
  3. Insira a velocidade do motor no valor mínimo do sinal de entrada Hz. Pressione o botão FIELD para selecionar o dígito a ser programado. O dígito piscará quando selecionado. Pressione o botão DIGIT para alterar o dígito selecionado. Repita até que todos os dígitos estejam programados.  
  4. Pressione o botão de modo. O ícone % SPEED irá parar de piscar e o ícone Hz irá piscar, indicando que o valor mínimo de Hz está pronto para ser programado. O valor mínimo atualmente programado é mostrado no LCD de 3 DÍGITOS.  
  5. Insira o valor mínimo do sinal de entrada de Hz. Nota: este valor deve ser menor que o valor máximo do sinal de entrada em Hz. Pressione o botão FIELD para selecionar o dígito a ser programado. O dígito piscará quando selecionado. Pressione o botão DIGIT para alterar o dígito selecionado. Repita até que todos os dígitos estejam programados.  
  6. Repita o processo para Valores Máximos.  
  7. Para sair do modo de programação, pressione o botão RUN/STANDBY e o botão MODE ao mesmo tempo. A seta do PROGRAMA desaparecerá.
16 imagem

Veja abaixo o vídeo sobre Frequência de Programação – Modo 4 

Sistema de verificação de fluxo (FVS) - sensor vendido separadamente 

O A-100NVP é equipado com um Sistema de Verificação de Fluxo projetado para parar a bomba e fornecer uma saída de fechamento de contato caso o sensor não detecte produtos químicos durante a operação da bomba. (Isso pode indicar um encaixe de injeção entupido, tanque de solução química vazio, tubo da bomba gasto, conexão da tubulação solta, etc.) 

Para permitir que a bomba elimine quaisquer gases que possam ter se acumulado durante a operação parada (como com cloro), um valor de tempo de atraso de alarme de 1 a 256 segundos deve ser programado.  
Pressione os botões FIELD e DIGIT ao mesmo tempo para inserir o valor do atraso.  
Observação: um valor de atraso de alarme de 000 desabilita o sistema FVS. Qualquer outro valor (001-256) ativa o FVS.  
A bomba parará e o modo de alarme será ativado se nenhum pulso for recebido pela bomba e o período de atraso do alarme tiver terminado.  
Pressione o botão STAND-BY duas vezes para cancelar o alarme e reiniciar a bomba. O sensor de verificação de fluxo é vendido como um acessório opcional. 

Certifique-se de que o sensor de fluxo usado seja operado dentro de sua faixa de fluxo operacional. Os fluxos que estiverem fora do alcance dos sensores criarão um falso alarme de fluxo zero. 

Perguntas Frequentes:

Perguntas Frequentes

Configuração e controles do A-100NVP

  • O que é um sinal de entrada de 0-10 Vcc?

    Os dois tipos de sinais analógicos mais comuns na automação industrial moderna são 4-20mA e 0-10V. 

    0-10V

    A 0-10V (ou em alguns casos, 0-5V) o sinal analógico usa tensão para representar um sinal variável. É um método simples de transmissão de sinal analógico mais comumente usado em aplicações HVAC, mas tem algumas desvantagens inerentes, incluindo:

    •  Uma falha do sensor (sem sinal) não pode ser detectada: Um valor de 0 V pode indicar valor zero ou nenhum sinal. É possível contornar isso usando um 2-10V, mas isso é incomum.
    •  É propenso a interferências e ruídos elétricos.
    •  Em distâncias de cabo mais longas, a queda de tensão pode causar um sinal impreciso.
    •  Geralmente é necessária uma fonte de alimentação separada para o instrumento, o que significa que o sensor requer pelo menos três fios.

    4-20mA

    A 4-20mA sinal de corrente é muito mais comum para transmissão de sinal analógico em muitas aplicações. Um sinal de corrente oferece algumas vantagens do mundo real, como:

    • Uma falha sem sinal pode ser facilmente detectada: 0mA indica nenhum sinal, enquanto 4mA indica um valor zero.
    • Um instrumento pode ser alimentado por loop (geralmente 24VDC) - significa que pode ser alimentado pelo mesmo cabo no qual transmite, o que significa que apenas dois fios são necessários.
    • É muito menos propenso a ruído elétrico, interferência e queda de tensão.
    • Além disso, para muitas aplicações, agora existe uma gama muito mais ampla de instrumentos de 4-20mA disponíveis do que 0-10V.
  • Como calculo o valor de Hz para entrar na programação?

    Fator K do dispositivo usado (Blue-Whitemedidor F2000) x GPM dividido por 60 = Hz

  • A bomba tem conexões remotas de partida e parada?

    Não, não tem. Se esse recurso for necessário, a série A1 e/ou A2 é sugerida.

Clique aqui para ver as isenções de responsabilidade da Central de Ajuda.

  • Pergunte-me alguma coisa!

Processing ... ...